Bem-vindo ao Blog do RealTimes

Como os pais podem ter certeza de que seus filhos estão assistindo vídeos apropriados e seguros na internet

Surprised girl with tabletsQuando se trata de protegermos nossos filhos de conteúdos da internet, segurança nunca é demais. Embora a internet tenha uma infinidade de informações valiosas para todas as idades, ela também pode ser fonte de conteúdo inapropriado para a faixa etária de seus filhos. Até mesmo sites inocentes como o YouTube podem exibir materiais inadequados. Isso acontece especialmente se o computador que seu filho utiliza for compartilhado por toda a família. O YouTube e o Google fornecerão resultados baseados nos critérios de sua pesquisa. Em um ambiente compartilhado, isso pode gerar resultados aos quais você talvez não queira que seus filhos tenham acesso.

6 DICAS DE CONTROLE DOS PAIS PARA QUE VOCÊ TENHA CERTEZA DE QUE SEUS FILHOS ESTÃO ASSISTINDO VÍDEOS SEGUROS NA INTERNET

Os pais podem se certificar de que seus filhos estão assistindo vídeos na internet com segurança de várias maneiras. Enquanto algumas opções são mais técnicas, outras podem ser realizadas por meio de simples configurações de contas. Por ambas as formas, você pode oferecer um ambiente seguro para a criança sem precisar se desfazer de conteúdos que o agradam.

1. Restrição por roteador – Muitos roteadores de uso domiciliar podem ser configurados para negar o acesso a um site, dependendo do endereço IP do computador na rede. Isso pode ser um pouco técnico para muitas pessoas, mas você pode remover sites como o YouTube e o Vimeo dos computadores das crianças quando eles acessam os equipamentos sozinhos. Em geral, essas configurações ficam na área “Restrições de acesso” do roteador. A menos que a criança saiba a senha do roteador, ela não conseguirá acessar sites especificados nesta lista.
Muitos firewalls negarão acesso ao site em questão para todos os computadores conectados à rede. Caso queira ter acesso ao YouTube, mas deseja restringir o acesso de seus filhos aos vídeos, conhecer mais a respeito dessa configuração pode ajudá-lo a proteger sua rede contra o acesso inadequado de crianças e ao mesmo tempo manter sua liberdade de ver os conteúdos de sua preferência.

2. Mantenha-se informado – Mesmo que a tecnologia da internet pareça complicada para você, trata-se de um assunto que você deve aprender. Se você deseja proteger seus filhos contra conteúdos impróprios, precisa saber quais são as medidas que pode tomar e como lidar com os problemas que devem surgir. Uma criança curiosa pode ter as habilidades técnicas para contornar suas ações preventivas, e você precisa saber o que pode ser feito. Quando o assunto é tecnologia, a juventude de hoje está se tornando cada vez mais hábil para lidar melhor com ela do que você. Para se sair bem, você precisa dominar o assunto.

3. Comunicação – Nunca é cedo demais para conversar com seus filhos e explicar as regras do uso da internet em casa. Se eles já tiverem idade suficiente para utilizarem a internet sem sua assistência, então já são maduros o suficiente para entenderem o que é certo e errado. Definir regras básicas para todos obedecerem não é mais complicado do que qualquer outra regra em sua casa. Ao aprender mais sobre os recursos de segurança do roteador da sua rede, você conseguirá persistir na implementação das medidas. Você poderia desativar o acesso à internet levando em consideração o horário, computadores específicos ou dispositivos habilitados para a Internet, ou todas essas opções juntas.

4. Configurações do controle parental – Muitos tablets, smartphones, navegadores e outros equipamentos de informática têm algum tipo de controle de segurança parental integrado. Por exemplo, o Internet Explorer tem uma configuração que pode ser ativada para reduzir a visualização de conteúdo inadequado. Essencialmente, você pode bloquear esses dispositivos de acessarem sites e conteúdos que você considera impróprios.

5. Contas de usuário - Se o seu filho ou sua filha são experts em computadores, eles podem contornar uma série de controles parentais através da criação de uma nova conta no sistema do computador. Essas novas contas não terão as inúmeras configurações de controle parental, já que estas são geralmente específicas da conta. Ao não permitir que seus filhos tenham controle administrativo do computador, eles não conseguirão criar novas contas para navegarem sem restrições. No entanto, isto pode significar que você tenha de instalar algum software que a criança queira ter no sistema do computador – o que pode não ser uma má ideia.

6. Controle parental do YouTube – Nas configurações do Google e do YouTube, você pode “Salvar e bloquear” controles parentais para garantir uma visualização mais segura. Porém, essas configurações podem ser facilmente impedidas. O YouTube conta com os espectadores para julgar se um vídeo é inapropriado ou não. É possível que esses vídeos passem despercebidos e ainda possam ser vistos. A criança conseguirá ter acesso a vídeos com conteúdos vulgares se ela simplesmente sair da conta e navegar como convidado. No entanto, a configuração ainda é capaz de reduzir os danos, eliminando uma grande quantidade de vídeos de crianças que podem não ser tão conhecedoras do funcionamento interno do YouTube.
Independentemente de seus métodos, fica a seu critério como pai envolver-se na vida de seus filhos. Muitas vezes, os pais dão aos seus filhos total liberdade para usarem a internet, o que pode levar a situações indesejáveis. Não permita que seu filho se torne uma estatística e controle o uso da internet ativamente. Caso tenha alguma dica sobre como assistir vídeos com segurança na internet, deixe seus comentários.

{ 3 comentários… adicionar um }

  • Elif 29 julho 2013, 2:08

    Muito bom Beto. Sem vocea jamais tiaermos estes momentos registrados. Espero que a ABES tenha como armazenar este acervo para no futuro relembramos o nosso passado. As coisas boas que estamos fazendo Uma abrae7o, Vitorio.

    Responder
  • Salete 18 setembro 2013, 0:49

    Quero pagar o plus, só com boleto, e quero saber por quanto tempo é valido este pagamento.

    Responder

Deixar um Comentário